O trabalho desenvolvido pelos 19 alunos integrantes do Parlamento Jovem 2018, da Câmara Municipal de Hortolândia, foi reconhecido e parabenizado pelos vereadores hortolandenses, através de uma Moção de Congratulação, de autoria do vereador Thiago Mascarenhas (PRB). A proposta, aprovada pelos vereadores presentes, ainda contou com o apoio de outros vereadores, que se mostraram impressionados com o a atuação dos jovens.

O Projeto do Parlamento Jovem foi criado em 2015 pelo vereador Paulão (PRP), e foi colocado em prática em 2017, na presidência do vereador Zaca (PTB). O objetivo é incentivar os jovens a terem consciência política e desenvolver a cidadania. Com eleições realizadas em novembro passado, a posse aconteceu em 22 de fevereiro e os trabalhos legislativos começaram dia 07 de março, com a primeira sessão, posse de suplentes e eleição da Mesa Diretora. “Foi uma surpresa mais que agradável, temos jovens engajados em recuperar a ordem eu progresso da nossa cidade. Eles atuaram com postura irrepreensível, apresentaram propostas a altura desta Casa de Leis, pensando no desenvolvimento da cidade”, comentou o autor da moção, Thiago Mascarenhas.

Segundo o presidente Zaca a atuação dos jovens mostrou que eles vieram para somar no trabalho dos vereadores na busca de melhorias para nossa cidade. “São jovens que farão história na nossa cidade, pois conseguiram engajar outros 12 mil alunos nas eleições. Isso mostra a grande responsabilidade que eles têm agora. Passamos de 19 para 38 vereadores, e vale ressaltar a qualidade do trabalho feito por eles na primeira sessão, com grandes proposituras que serão agora analisadas pela Mesa Diretora e encaminhadas ao Executivo. Eles foram um grande ganho para nossa cidade, e sairão daqui mais preparados para atuar dentro da democracia da nossa cidade e país”.

A necessidade de inserção do jovem na política foi ressaltada pelo vereador John Lenon (PDT). “Na época que nós, vereadores, éramos jovens, tivemos diversos movimentos voltados à política, dentro das comunidades e da Igreja, e contribuímos efetivamente para a criação de Hortolândia através da Emancipação. Estávamos engajados e a juventude faz diferença para o desenvolvimento de uma cidade. Por isso é tão importante esse resgate de jovens para dentro da política como o Parlamento Jovem tem feito”.

“Essa nova ferramente [Parlamento Jovem] vem aproximar o Legislativo dos estudantes, que terão contato e entenderão o papel da Câmara e poderão futuramente assumir esse papel. Eles também poderão levar à população informação sobre o trabalho da Câmara, do Executivo, pois muitos não sabem a diferença, e estes jovens estarão na comunidade escolar, nos bairros e levarão esse conhecimento além”, explicou o vereador Frank (DEM).

O autor da Moção, ainda falou da importância em transformar os jovens: “As pessoas se preocupam em deixar um mundo melhor aos filhos, mas deveriam deixar filhos melhores para o mundo, e a Câmara, além de se preocupar em deixar uma cidade melhor para os jovens, está transformando-os em jovens melhores para o futuro da nossa cidade, finalizou.

Os vereadores ainda agradeceram a presença na sessão do presidente do Parlamento Jovem, Guilherme Alves, e o parabenizaram pela condução dos trabalhos na primeira sessão.